Como o Qustodio monitora pesquisas na web

  • Atualizado

Quando seu filho entra em um mecanismo de busca na web (como Google, Bing ou Yahoo) usando um navegador, o Qustodio monitora e relata todos os termos de pesquisa usados ​​na Linha do tempo de atividades do Portal da Família. Você pode filtrar todas as pesquisas clicando no menu suspenso “Todas as atividades” e selecionando “Pesquisas”:

 

activity_filter_qustodio.PNGfilter_searches_qustodio.PNG

 

Como aplicar a função de pesquisa segura

O Qustodio tem um recurso chamado “Aplicar Pesquisa Segura”, que obriga o Google, Bing e YouTube a filtrar todo o conteúdo sinalizado como impróprio (também chamado de “modo restrito”).

Você pode ativar/desativar esse recurso no Painel dos Pais > Regras > Filtragem da Web > Configurações:

rule_web_qustodio.PNG   web_settings_qustodio.PNG

 

Observe que é o site de pesquisa que fará a filtragem. O Qustodio apenas força o modo restrito em todas as buscas, mas é o site de buscas quem decide qual conteúdo deve ser exibido ou não. Além disso, quando essa opção estiver ativa, o YouTube também bloqueará a seção de comentários, pois não é possível controlar se um usuário posta algo inapropriado.

 

Pesquisas seguras no Android

Todas as pesquisas realizadas usando o Google App do Android (ou o widget da barra de pesquisa do Google) serão relatadas no Portal da Família. Como o Google não permite que o Qustodio interfira nos resultados de seu aplicativo, se a função “Aplicar Safe Search” estiver ativada, o Qustodio abrirá um navegador da web toda vez que o aplicativo for aberto, a fim de poder forçar o modo restrito. Observe que isso afetará todos os aspectos do Google app, incluindo o Voice Assistant e o Google Now.

Este artigo foi útil?

Não está encontrando o que procura?

Tente nossos links rápidos